segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Acreditei.


Quando você me olhou nos olhos, segurou minha mão, abriu um sorriso; eu acreditei. Acreditei que as coisas mudariam. Os meus olhos cheios de esperança se comoveram com os seus olhos cheios de promessas. Minha mão gelada de medo se comoveu com a sua mão quentinha de desejos. O meu sorriso de alívio se comoveu com o seu sorriso de 'confia em mim'. O que houve de errado com a nossa segunda chance? Te preparo mil histórias de amor e você não vem, te guardo estrelas e você não quer, espero celular tocar e você não liga, tento te contar do meu dia e você não escuta, quero te mostrar o mundo e você me convida para olha-lo pela janela. A forma que você age faz com que eu não tenha certeza das minhas escolhas, embora eu pense diariamente que eu morreria por qualquer uma delas. Você me olha com essa cara de quem não vai mudar e eu não estou preparada para uma terceira chance, então devolva-me. Devolva-me todos os planos, os sonhos, os desejos que eu construi e te ofereci. Devolva-me toda a felicidade, a paz e o carinho que eu te entreguei. Devolva-me todas as noites que me dediquei a você. Devolva-me todo esse imenso amor que eu coloquei em seus braços. Devolva-me meus pensamentos, minha respiração, meus sentidos. Devolva-me tudo e eu te devolverei toda essa infinita saudade que eu tinha, tenho e terei de você.

HASMY ABBES

2 comentários:

  1. esse é pra mim. Amei Amei Amei!

    ResponderExcluir
  2. Esse é o melhor de todos que vc jah escreveu, My.

    ResponderExcluir